Prosperidade e Alquimia II


A transformação por que passa a psique individual é puramente alquímica no sentido de que tem um protocolo de procedimentos que devem ser rigorosamente seguidos para se conseguir a individuação e a correspondente prosperidade. Um procedimento levará ao seguinte inevitavelmente, desde que não haja resistência do ego em deixar-se evoluir.


Os sonhos, as pinturas e desenhos, feitos ao longo de muitos séculos de pesquisa conduziram ao perfeito entendimento de como a Psique funciona. O que antes era oculto agora é claro como a luz do dia. Foram séculos de exploração contínua por mentes que queriam entender os mistérios da matéria e do universo. Para isso usaram a própria psique sem perceber que na verdade estavam projetando a Psique Indivisível nos seus experimentos. Agora temos um Mapa Real da Psique. Este Mapa é o Território. Depois de milênios de exploração da mente, da matéria e do universo chegamos a um conhecimento prodigioso. O conhecimento de como a Psique e a Individuação realmente ocorrem. Não há exagero em afirmar que esse conhecimento mudará a história desta humanidade quando for entendido.


Evidentemente que um conhecimento desta magnitude não tem como ser simplificado mais do que é possível. Existem níveis de conhecimento que não tem como serem reduzidos sem que se perca o conhecimento que se quer transmitir. Uma criança não tem como entender conceitos ensinados numa universidade. É necessário dar passo a passo na expansão da consciência para entender conceitos abstratos como os conceitos alquímicos. Mas, quem tem olhos de ver enxergará a realidade. A própria leitura de textos como este exponencia a consciência.


Todo trabalho de conscientização que procura a expansão da consciência individual é um trabalho alquímico por excelência. Quando se injeta energia num corpo há uma transmutação que pode ser rápida ou lenta. De qualquer forma para que seja eficiente ela deve seguir um protocolo. Queimar etapas não funciona. Mais cedo ou mais tarde o nível de consciência volta até onde estava parado. Sem obstáculos os vários níveis são assimilados e ultrapassados rapidamente. Descreveremos esses níveis e o que deve ocorrer para a fluidez dos trabalhos alquímicos.


Indispensável a leitura da Tábua da Esmeralda de Hermes Trimegisto. O conhecimento alquímico está codificado nesta tábua. Existem Arquétipos desde o início dos tempos. O ego recobre uma essência divina. A composição do ego foi feita com princípios arquetípicos. O ego em sua essência está fora da realidade individual. Essa essência transcende as questões individuais. Seu fundamento são os Arquétipos. É por isso que com as informações dos arquétipos é possível transmutar o ego. Porque os Arquétipos já estão “dentro” do ego.


Esses Arquétipos operam dentro da realidade espaço/temporal. Dentro do continuum. Quando não há resistência à sua operação temos a Opus alquímica funcionando perfeitamente. Significa que o trabalho de individuação está ocorrendo normalmente. O Arquétipo quer vivenciar a descida na carne. Estar vivo num corpo biológico e consciente. Agir conscientemente num corpo com ego consciente. Este é o trabalho do Arquétipo. A Opus do Arquétipo. O Arquétipo evolui junto com o ego que o recebe. Existe uma dinâmica que atua entre os dois. Um influencia o outro mutuamente. Desta forma tudo corre em pleno desenvolvimento. A expansão é mútua.


Hélio Couto

www.heliocouto.com

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square

Hélio Couto - Alquimia Consciencial - Todos os direitos reservados

Hélio Couto
  • YouTube Social  Icon
  • instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
Pat logo5.png