Prosperidade e Alquimia I


Como estão ligadas a prosperidade e a alquimia? Normalmente se vê a Alquimia como um processo hermético em que se fala de transmutação de materiais. A Alquimia trata da transmutação interior do ego em busca da individuação. Quando o ego e o Self se tornam um só. É quando a pessoa pode dizer: Eu Sou Eu Sou. Nesse ponto houve a unificação. Isso deve ser sentido para ser real. Para que isso possa acontecer a pessoa deve deixar que aconteça. Ela deve desejar a unificação e assim permitir (dar um comando) para que a mente e o coração aceitem o Eu Sou.


Quando isso acontece a prosperidade em todos os sentidos não terá mais limites. A individuação abre as portas para que toda energia possa ser transmutada em outra energia. Essa é uma transformação alquímica. Um elemento pode ser tornar outro mudando-se a energia primordial de que ele é composto. O que chamavam de prima matéria. O oceano primordial de energia de onde tudo emerge. Quando algo é tratado sem sua forma material, mas sim considerando sua prima matéria, essa transmutação é possível.


Existe uma única Psique. Todas as demais compartilham da mesma fonte. O que diferencia é o ego de cada um que é uma parte da Psique. Essa Psique original é o Self. A Alquimia trata da unificação do Ego com o Self.


Para que isso ocorra são necessárias várias etapas de procedimentos. Analisaremos cada etapa. O estudo da Alquimia é da maior importância, pois é através dela que poderemos entender a Psique. Teremos então um Mapa do Território. É possível saber como pensa e sente o Self através da Alquimia. Por isso foi tão estudada no passado e só era passada para iniciados, tal a importância do seu conhecimento.


Nesta etapa crucial da história da humanidade é fundamental que o maior número possível de pessoas entenda o que é a Alquimia. Então a prosperidade será realmente uma realidade.


Hélio Couto

www.heliocouto.com

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags